quinta-feira, 4 de setembro de 2014

10% do mundo simplesmente não beija

E há diversos motivos pra isso. E um deles sempre me fez ter muito cuidado a quem eu doaria um pouco de mim e o mais engraçado é que eu nem sabia que havia certa região do globo que pensava majoritariamente como eu. No Sudão as pessoas não beijam porque acreditam que a boca é a janela da alma. Beijar seria, portanto, uma forma de ter-se a alma roubada. Fora exatamente por isso que eu sempre tive dificuldades de me relacionar e até mesmo de falar, o que sai pela boca é sagrado, o que entra também. O que você proferi pode ferir, o que você engole pode entupir. E fora exatamente com esse pensamento que eu acordei às 05:28h dizendo que o beijo era o âmago da alma. E o meu preceito continuará sendo conservado. Assim o espero.
O beijo é a porta pro teu eu mais íntimo, aquele que até você desconhece. Quando alguém lhe toca desta forma deixa marcas que ali vão perdurar enquanto se estiver vivo e além. São marcas carregadas pra outra vida. O beijo à boca toca-lhe a alma.




Obviamente que quando há amor ou algo mais a alma quer ser tocada, mas esta sabe ou auto engana-se que isto provêm do amor e por isso será bom. Talvez com desejo não seja diferente. O que a alma pede, o corpo consente. A consciência corporal parece então o primeiro impasse pro conforto da alma.

Um comentário:

  1. Nossa profundo... gostei bastante do seu post
    Att. Filipe

    ResponderExcluir

Obrigada!